Atenção! Nós não solicitamos depósito antecipado. Isso é crime.

Atenção! A Lendico Brasil não solicita depósito antecipado para a liberação do empréstimo. Isso é crime.

Faça sua análise

Os perigos de usar o cartão de crédito no exterior

19 de outubro de 2016

4 minutos de leitura

por Lendico

cartao-ipad1.jpg

Uma viagem internacional pode necessitar um planejamento de meses, até de anos, que envolve fazer pesquisas, programações, economias e outros. Por mais que tudo seja planejado, imprevistos acontecem e mesmo querendo evitar, você pode acabar usando seu cartão de crédito no exterior.

O cartão de crédito internacional é uma praticidade, tem vantagens como pontos para trocar por milhagens para sua próxima viagem, é mais seguro que carregar grandes quantias de dinheiro e é aceito em quase todos os lugares. Porém, há o acrescimento do IOF da compras no exterior, de 6,38%, e em muitos cartões o valor é submetido a conversão do dólar com a cotação no momento do fechamento da fatura e não no momento da compra, o que pode ser um susto na hora que chega a fatura, por que no momento da compra você pensou em um valor em real e no momento de pagar pode ficar consideravelmente mais caro.

Como funciona o uso de cartão de crédito no exterior

Mesmo que o dólar não seja a moeda do país que o cartão foi utilizado, a maior parte das operadoras convertem o valor primeiro para o dólar e depois para o real. Por exemplo, uma compra de U$ 600 feita no dia 19/10/2016 quando a cotação do dólar turismo é de R$ 3,32 seria convertida na data em R$ 1992,00 + IOF. Só que se no momento do fechamento da fatura o dólar estiver a R$ 3,50, por exemplo, o valor da compra será de R$ 2100,00 + IOF.

Por isso, ao fazer uma compra no exterior pode ser mais vantagem usar dinheiro ou um cartão pré-pago, no qual o câmbio será definido no momento da compra do crédito.

Parcelamento de compras com cartão de crédito no exterior

Se você tiver um cartão de crédito internacional, será possível fazer suas compras no exterior. Contudo, o parcelamento não é possível. Tudo o que você adquirir virá em uma única fatura ou no máximo duas se parte das compras for realizada após a data de fechamento da fatura do cartão de crédito.

O que é preciso para usar o cartão no exterior

Se você tem a intenção de realmente usar seu cartão durante a viagem precisa de duas coisas: que ele seja um cartão de crédito internacional e avisar ao banco ou emissora que ele será usado em compras fora do país. Esta segunda necessidade funciona como uma medida de segurança, para que o banco libere as transações realizadas. Além disso, se não tiver informado uma viagem e alguém usar seu cartão em outro país, o banco terá a possibilidade de bloquear a transação com mais agilidade.

É possível deixar dívida no exterior?

Dívidas feitas no exterior poderão ser cobradas de acordo com as regras locais, segundo o direito internacional. Não necessariamente uma dívida feita no exterior poderá ser cobrada no Brasil, mas ao retornar ao local poderá haver uma pendência que poderá gerar penas a serem cumpridas.

Em alguns casos no entanto, a dívida pode ser sim vir a ser cobrada no Brasil.

Pagar menos que o valor total da fatura

Quando o valor total da fatura não é pago, o cliente está automaticamente contratando o crédito rotativo para o valor remanescente. O total de taxas (com IOF e etc.) desta modalidade gira em torno de 475% ao ano.

Parcelar a fatura

A maioria das operadoras de cartão oferecem a opção de parcelar a fatura, o valor total da fatura é divido na quantidade de parcelas escolhidas com juros aplicados e adicionado as faturas mensais subsequentes. Apesar de essa opção ter juros menores que crédito rotativo, pode ser perigoso ativá-la sem o devido planejamento, pois não deixa de ser um valor considerável a mais no seu orçamento todo mês.

Fazer um empréstimo com juros mais baixos

A maioria dos empréstimos pessoais possuem tarifas mais baixas que o crédito rotativo. É a opção mais viável para quem quer se organizar melhor sem comprometer o limite do cartão.

Como alternativa interessante existem as empresas que realizam empréstimo online com taxas mais baixas que a média do mercado. Por não possuírem agências físicas, elas têm menores custos operacionais e por isso conseguem apresentar propostas bem mais atrativas de empréstimos. É o caso da Lendico, que oferece juros anuais a partir de 48,44% ao ano,

Para evitar surpresas, o ideal é usar moderadamente o cartão de crédito quando fora do país. Aderir a um cartão viagem pré-pago é uma opção que permite maior controle dos gastos e ainda garante a sua segurança.

Artigo anterior

proxímo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *