Atenção! Nós não solicitamos depósito antecipado. Isso é crime.

Atenção! A Lendico Brasil não solicita depósito antecipado para a liberação do empréstimo. Isso é crime.

Faça sua análise

Empréstimo pessoal: por que os juros são altos?

03 de junho de 2016

2 minutos de leitura

por Lendico

Atualmente, o cenário de empréstimo pessoal no Brasil tem apresentado altas taxas. Em maio de 2016, o Banco Central divulgou o recorde da taxa de juros do rotativo do cartão de crédito, que chegou aos 449,1% ao ano. Além disso, a taxa média de juros para pessoa física também se elevou, passando para 7,95% ao mês (150,42% ao ano) em abril/2016, sendo a maior desde novembro de 2003.

Por que os juros são tão altos no Brasil?

Todos os juros são calculados a partir da taxa básica de juros da nossa economia, chamada Taxa Selic. A Selic, atualmente, está fixada em 14,25% ao ano e possui uma forte influencia nas taxas cobradas pelos bancos em empréstimo pessoal.

A taxa básica de juros: Selic

Como dissemos, a Taxa SELIC é a taxa básica de juros da economia brasileira. Ela é usada como referência para o cálculo das demais taxas de juros cobradas pelo mercado e também segue de base para definir a política monetária praticada pelo Governo Federal do Brasil. Criado em 1979, o Sistema Especial de Liquidação e de Custódia (SELIC) é um sistema informatizado destinado ao registro, custódia e liquidação de títulos públicos federais. Atualmente, a taxa está em 14,25% ao ano.

Risco do cenário econômico

Atualmente, o cenário econômico desse ano até 2019 é de recuperação do crescimento da economia. O percentual de famílias endividadas, de acordo com a Pesquisa de Endividamento e Inadimplência do Consumidor (Peic), divulgada pela Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC), foi de 58,7% em maio desse ano. O endividamento das famílias faz com que a inadimplência aumente e, por consequência, as instituições aumentam as taxas para controlar isso.

Poucos bancos e uma competitividade menor

Além dos fatores que citamos, o baixo número de bancos que oferecem empréstimo pessoal também representam uma menor competitividade ao mercado, o que faz com que essas instituições cobrem uma taxa de juros média ao seus concorrentes. Contudo, conforme os últimos posts, o cenário está mudando com o surgimento das fintechs, como a Lendico, por exemplo.

Os custos operacionais são altos

Pense no custo operacional de uma instituição financeira. São espaços físicos (agências bancárias), luz, água, salário de colaboradores (CLT e terceirizados), segurança e por ai vai. Como o custo operacional de uma agência é bem alto, os bancos acabam passando uma parte desse custo para os seus clientes.

Artigo anterior

proxímo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *