Atenção! Nós não solicitamos depósito antecipado. Isso é crime.

Atenção! A Lendico Brasil não solicita depósito antecipado para a liberação do empréstimo. Isso é crime.

Faça sua análise

Empréstimo para pagar condomínio

20 de junho de 2018

2 minutos de leitura

por Lendico

empremprestimo-condominio.jpg

Recurso pode evitar multa, juros, negativação do nome e penhora de bens

Já passou o tempo em que a taxa de condomínio era uma dívida difícil de se cobrar. Desde a promulgação do novo Código de Processo Civil, esse tipo de cobrança se tornou mais ágil. Por isso, evitar chegar a essa situação é fundamental.

Um empréstimo pode ser uma boa maneira de evitar problemas com o condomínio. Com ele, é possível pagar a dívida e ter uma programação de pagamentos que caiba no bolso de cada um, evitando uma série de consequências negativas.

Quem tem dívidas grandes, pode procurar o condomínio e propor um acordo para o pagamento do débito.

Riscos de não pagar o condomínio

  1. Conta penhorada: Após 60 dias do vencimento da parcela, o condomínio pode acionar a justiça e pedir a penhora da conta corrente  do devedor. Se for aprovado, o valor será debitado, usando inclusive o limite do cheque especial;
  2. Nome sujo: Em alguns estados como São Paulo e Rio de Janeiro, o nome dos devedores pode ser negativado nos serviços de proteção ao crédito (SERASA, SPC, Boa Vista SCPC);
  3. Perda de bem: A justiça pode determinar a perda de um bem como um automóvel ou imóvel para o pagamento da dívida. Se o valor do bem for maior, o morador recebe a diferença;
  4. Juros e Multa: Em geral, o não pagamento acarreta em multa de 2% e juros de até 1% ao mês, mas esse valor pode variar conforme a convenção de cada condomínio;
  5. Direito a voto: o condomínio pode impedir que o devedor vote nas reuniões e participe das escolhas, como as das vagas de garagem;
  6. Áreas de lazer: dependendo também da convenção do condomínio, o inadimplente pode ser impedido de utilizar áreas de lazer, como academia e salão de festas;
  7. Aluguel: se o locatário não pagar, a dívida será cobrada do locador. Mas isso pode configurar quebra de contrato, fazendo com que  seja possível uma ação de despejo;
  8. Lista de atrasados: não é permitido expor publicamente os devedores, mas no boleto pode haver a especificação de quais unidades deixaram de pagar, já que se trata de uma prestação de contas.

Empréstimo para pagar condomínio

Na Lendico é possível fazer um empréstimo pessoal para pagar essa dívida. Os valores variam de R$ 1 mil a R$ 50 mil e o parcelamento vai de 6 a 36 meses. Tudo de acordo com análise de crédito.

SOLICITAR MEU EMPRÉSTIMO

Artigo anterior

proxímo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *