Atenção! Nós não solicitamos depósito antecipado. Isso é crime.

Atenção! A Lendico Brasil não solicita depósito antecipado para a liberação do empréstimo. Isso é crime.

Faça sua análise

Crédito pessoal: como saber se preciso?

19 de agosto de 2016

1 minuto de leitura

por Lendico

Segundo semestre já está aí. Ele trouxe as comemorações de final de ano, Natal e Réveillon, as férias coletivas e outras despesas a mais. O orçamento apertou, mas como saber se você precisa de crédito pessoal nesse momento? O crédito pessoal não pode ser o violão no seu orçamento, pelo contrário, deve ajudá-lo!

Com dúvidas se o crédito pessoal o ajudará ou não? A Lendico reuniu dicas para guiá-lo na decisão:

1. O Custo Efetivo total é menor que o do seu compromisso financeiro atual

Pois bem, com um Custo Efetivo Total (CET) menor, o crédito pessoal pode ser uma vantagem para o seu orçamento porque você faria uma transferência de dívida. Sendo assim, o crédito tomado é usado para quitar o compromisso financeiro anterior, ficando com parcelas menores, com um CET mais justo para você e o seu bolso.

2. Crédito pessoal no lugar do cartão de crédito

Vai viajar? Então, por que não usar o crédito pessoal no lugar do cartão de crédito? Com uma taxa de juro muito menor – a taxa de juro média, no crédito rotativo, é de mais de 450% ao ano -, ele pode auxilia-lo na economia durante as suas viagens, ou até mesmo, no dia a dia. Não que você não deva usar o cartão de crédito, mas tenha cautela para não cair no rotativo, pois essa pode ser uma dívida sem volta se você não tiver disciplina para quita-lá no próximo mês. Por isso, atenção ao usá-lo.

3. “Tive um imprevisto financeiro e não tenho reservas”

Essa é uma situação em que o crédito pessoal é aliado pois, quando há um imprevisto e estamos sem reservas financeiras, podemos recorrer ao cheque especial, que já apresenta a segunda taxa de juro mais alta do mercado. Portanto, tomar um crédito para amortizar esse imprevisto é uma opção sábia por conta da taxa de juro e CET.

Artigo anterior

proxímo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *