Atenção! Nós não solicitamos depósito antecipado. Isso é crime.

Atenção! A Lendico Brasil não solicita depósito antecipado para a liberação do empréstimo. Isso é crime.

Faça sua análise

Bancos: você sabe como eles ganham com você?

10 de agosto de 2016

2 minutos de leitura

por Lendico

O cenário econômico do Brasil já esteve melhor e isso não é uma novidade. No segundo trimestre, a inadimplência em crédito para pessoas físicas melhorou apenas no último mês. Os dados foram coletados de uma pesquisa feita pelo Banco Central, em julho, e divulgada pela Folha de São Paulo. Em junho, ela ficou em 6,1%, enquanto em maio e abril se manteve em 6,3%. A taxa de inadimplência é uma das coisas que mais preocupantes nas operações dos bancos. Aliás, já sabe como os bancos ganham com você?

Primeiro, você precisa saber o que é spread bancário

Spread, em inglês, significa margem. Simplificando, ele é a diferença entre a taxa de juros cobrada pelos bancos quando eles emprestam dinheiro aos clientes e a taxa de juros paga para a captação dessa quantia. Por exemplo, os clientes depositam uma certa quantia na poupança; essa quantia é usada pelos bancos em forma de empréstimos pessoais para terceiros. Contudo, eles emprestam com uma taxa de juros maior do que a paga a esses clientes. Nesse momento acontece o spread bancário. Outros produtos com spread? Cartões de crédito ligados aos bancos, a anuidade desses cartões e o cheque especial são ótimos exemplos.

Onde mais os bancos ganham comigo?

Além do spread bancário, que continua em ascensão, apesar do cenário econômico, os bancos ganham também nas taxas de manutenção de contas. Aquelas mensalidades cobradas pela conta corrente, sabe? Por isso, fique bem atento ao seu extrato mensal para ver se não há um custo extra que não deveria ter. Caso tenha notado alguma cobrança indevida, encaminhe a sua reclamação para a Auditoria do seu banco e solicite o esclarecimento daquela cobrança.

O cheque especial também contribui…

Não é apenas nas taxas bancárias e no spread que os bancos ganham com você, mas em praticamente todas as linhas de crédito ofertadas. O cheque especial é o melhor exemplo disso. Enquanto o juro do cartão de crédito caiu, o do cheque especial continua subindo. Mesmo a taxa básica de juros do Brasil não tendo variação desde o ano passado. A taxa de juro apresentada nessa linha atingiu a maior desde setembro de 2013! Há quem oferte essa linha de crédito a uma taxa de 539,80% ao ano.

Artigo anterior

proxímo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *