Atenção! Nós não solicitamos depósito antecipado. Isso é crime.

Atenção! A Lendico Brasil não solicita depósito antecipado para a liberação do empréstimo. Isso é crime.

Faça sua análise

Taxa de juros do cartão no Brasil é maior da América Latina

16 de novembro de 2016

1 minuto de leitura

por Lendico

Taxa-de-juros-do-cartão.jpg

O Brasil está ganhando disparado um ranking não muito animador. O país é o com maiores taxas de juros do cartão na América Latina, segundo um levantamento da Proteste.

Taxa de juros do cartão

A pesquisa considerou mais seis vizinhos latinos e mostra que a taxa cobrada no rotativo do cartão no Brasil é 10 vezes maior do que a cobrada no Peru, que ficou em segundo lugar no ranking. Lá os juros médios cobrados são de 43,7% para quem entra no rotativo. Por aqui os brasileiros pagam 436%.

Mesmo na Argentina, país no qual a inflação já está na casa de 40% ao ano, os juros do rotativo do cartão de crédito não ultrapassam 43,29% ao ano. Na Venezuela, que está passando por uma intensa crise econômica, já limites máximos estabelecidos para a taxa de juros do cartão que não pode passar de 29% ao ano.

O levantamento

Para chegar ao ranking, da América Latina, a Proteste avaliou 181 cartões de 17 bancos e operadoras. Foram enviados questionários para as instituições financeiras, mas somente quatro responderam.

Como fugir os altos juros?

Com a elevada taxa de juros do cartão encontrada no Brasil, quem tiver um problema e precisar ficar sem pagar por um mês precisa correr para achar uma solução para quitar a dívida.

Quando você tem uma dívida no cartão de crédito ela pode crescer rapidamente, mas há a opção de buscar outras formas de crédito – com taxa de juros menor – para quitar o valor devido. É possível buscar um empréstimo pessoal neste caso, consignado ou não. As instituições financeiras oferecem juros muito mais baixos nesta modalidade de crédito do que na taxa de juros do cartão.

Existe até mesmo a possibilidade de se fazer o pedido de empréstimo pessoal online. Na Lendico você faz o pedido pelo site e encontra CET (Custo Efetivo Total) de 3,09% a 5,64% ao mês (44,89% a 94,97% ao ano). A variação está relacionada à análise de crédito do cliente e à opção de parcelamento que ele escolher. O valor pode ser pago em 12, 18 ou 24 vezes.

Artigo anterior

proxímo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *