Atenção! Nós não solicitamos depósito antecipado. Isso é crime.

Atenção! A Lendico Brasil não solicita depósito antecipado para a liberação do empréstimo. Isso é crime.

Faça sua análise

O que é SPC?

12 de maio de 2021

5 minutos de leitura

por Lendico

SPC

Esse é certamente um tema que gera arrepio em muitos brasileiros e se você nunca teve seu nome vinculado ao Serviço de Proteção ao Crédito (SPC), com certeza conhece alguém que já esteve nessa situação.

O SPC surgiu em 1955. Em uma época onde sequer existia o CPF (Cadastro de Pessoa Física), um grupo de comerciantes gaúchos se reuniram com a intenção de trocar dados sobre seus clientes. À primeira vista, a ideia principal era garantir que o crédito no mercado se mantivesse saudável, já que quase não existiam informações sobre o histórico de pagamento do consumidor.

Ainda que seja natural o medo de ter seu CPF cadastrado como negativo no SPC, é importante saber que o serviço é essencial e traz benefícios importantes não apenas ao mercado, mas ao próprio consumidor. É através do SPC que comerciantes do Brasil inteiro podem ter acesso a informações que lhes permitam facilitar o crédito às pessoas que precisam consumir. Mas que às vezes não possuem o valor total necessário para a compra.  

Como funciona o SPC?

Pois, bem! Com o SPC é um imenso banco de dados, alimentado associações comerciais e gerido pelas Câmaras de Dirigentes Lojistas, o CDL. Hoje o sistema conta com mais de 180 milhões de pessoas com CPF cadastrados, e é acessado não apenas pelo comércio, mas também por instituições financeiras. Sem ele, seria impossível compreender que tipo de crédito uma pessoa seria capaz de tomar com segurança, para ambas as partes.

Quando você vai até uma loja de departamentos, por exemplo, com a intenção de fazer uma compra financiada, o estabelecimento recorre ao SPC para consultar informações sobre o seu perfil de consumidor. Pois, as informações contidas no serviço são várias e depende de cada estabelecimento procurar o que mais lhe interessa. Normalmente, as informações consultadas são relacionadas a se você possui alguma dívida pendente em algum outro comércio, se possuía e de que forma ela foi quitada, com que frequência você costuma tomar crédito e etc. É importante saber que débito ativo com despesas fixas, como água e luz, também pode ser responsável pela negativação do seu CPF.

Após a consulta, dependendo do valor da compra pretendida e de suas restrições, o estabelecimento decide se o crédito é seguro ou não.

Quais situações em que o nome vai parar no SPC?

Se você possui uma dívida em aberto, é muito difícil prever em quanto tempo seu nome será incluído no SPC. Tudo depende do estabelecimento, mas as chances de isso acontecer imediatamente após a dívida ser contraída são muito pequenas.

O mercado brasileiro tem como praxe uma série de procedimentos antes que medidas mais sérias sejam tomadas. Entre elas, a negociação amigável é sempre a mais importante. Entenda que para o estabelecimento, negativar um consumidor não é um bom negócio, já que ele estará prejudicando alguém que poderia continuar comprando. Por isso, é sempre mais fácil oferecer possibilidades de quitação, para que o consumidor se sinta satisfeito e continue ativo no mercado.

Enquanto você estiver recebendo ligações e propostas de negociação, significa que seu CPF ainda não foi negativado. Quando isso parar de acontecer, provavelmente um cadastro formal ao serviço irá acontecer. É importante saber que o estabelecimento tem a obrigação de lhe informar quando isso acontecer.

Como consultar o nome no SPC?

Ter o CPF cadastrado como negativo – ou ainda ter o “nome sujo”, como muitos conhecem – no SPC, significa dificultar quaisquer tentativas de:

  • financiamento;
  • aberturas de conta;
  • empréstimos;
  • e talões de cheque.

Além destes problemas financeiros, em 2012 o Supremo Tribunal do Trabalho determinou que empregadores podem criar suas próprias políticas de contratação de pessoas com dívidas em aberto.

Para consultar gratuitamente sua situação perante o SPC, é preciso ir pessoalmente até algum dos balcões de atendimento presencial do serviço, e não esqueça de levar seu CPF. Você também pode fazer isso através do portal SPC Brasil, mas nesse caso a consulta é paga.

Através dessa consulta, é possível saber não apenas a situação atual, como também:

  • protestos em cartório;
  • registro de cheques;
  • e os últimos 6 meses de contratos concedidos.

Quem está no SPC, consegue fazer empréstimo?

Conforme falamos acima, o nome no SPC certamente dificulta muito a tomada de empréstimo. Não apenas em instituições financeiras, como em redes de comércio que oferecem seus próprios cartões de crédito.

No entanto, essa é uma situação que vai depender muito do tamanho da dívida, o valor da compra ou do empréstimo, a negociação entre você e a instituição. Afinal, são muitos fatores envolvidos, mas você certamente terá problemas para que um empréstimo seja disponibilizado.

O que fazer para limpar o nome?

A primeira coisa a fazer é reconhecer a dívida. Além disso, dizemos isso porque existem cobranças indevidas que podem acontecer, seja por fraude ou por falhas no reconhecimento do pagamento.

Se você reconhece sua dívida, coloca na ponta do lápis o valor total, a taxa de juros e há quanto tempo ela está correndo. Dessa forma, com todos esses detalhes, você pode entrar em contato com o credor e propor um plano de pagamento, ou pedir uma proposta de quitação. Um detalhe importante é que após a assinatura ou o aceite no contrato de negociação e o pagamento da primeira parcela, o seu CPF deve ser retirado no SPC.

Por fim, antes de finalizar, precisamos esclarecer um mito muito comum por aqui. Após 5 anos, a sua dívida não desaparece, assim como também não aparece quitada, apenas prescreve, o que conhecemos popularmente como “caducar”. O fato de ela prescrever, não significa que não seja importante o pagamento. Já que o histórico da dívida continuará ativo no seu cadastro, prejudicando futuras compras ou tomadas de crédito.

Cadastre-se na nossa newsletter:

Email:
Nome:

Artigo anterior

proxímo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *