Atenção! Nós não solicitamos depósito antecipado. Isso é crime.

Atenção! A Lendico não solicita depósito antecipado para a liberação do empréstimo. Isso é crime.

Faça sua análise

Calendário de restituição do Imposto de Renda 2021

08 de abril de 2021

4 minutos de leitura

por Lendico

restituição do imposto de renda (1)

A data de recebimento da restituição do imposto de renda de cada lote já foi definida para quem entregou no início da arrecadação ou ainda vai entregar.

No dia 24 de fevereiro desse ano a própria Receita Federal definiu o calendário completo de restituição. Em 2021 serão 5 lotes de entrega para o contribuinte, pagos entre os meses de maio e setembro. No ano passado, os pagamentos também começaram no mesmo mês (maio), apesar de ser antes de terminar o prazo para envio da declaração. Porém, essa foi uma exceção, já que o período de declarações foi estendido por causa da pandemia mundial.

Diferença entre lotes

A principal diferença é a data de recebimento, pois no caso de o contribuinte entregar a declaração no início da arrecadação, o mesmo recebe o valor de restituição no primeiro lote. E, assim por diante, quanto antes a entrega é feita, mais cedo a pessoa recebe por sua restituição do imposto de renda.

Só que os últimos lotes contam com uma possibilidade a mais, eles rendem de acordo com a taxa SELIC, no ultimo ano esse rendimento foi possível à partir do 3º lote.

Calendário Restituição do Imposto de Renda: cronograma para 2021

LoteData de pagamento
30/05/2021
30/06/2021
30/07/2021
30/08/2021
30/09/2021

Em qual lote da restituição do imposto de renda estou?

Ainda não há uma forma exata de saber quando o contribuinte vai receber o valor da restituição do imposto de renda. Infelizmente, só o que se sabe é que quanto antes ocorrer a entrega do documento do imposto antes a pessoa recebe em sua conta o valor.

E, também, os primeiros lotes levam em conta outros fatores além do prazo de entrega. Como por exemplo, o primeiro pagamento é para grupos com prioridades, que são pessoas idosas ou com algum tipo de deficiência, doença ou condição séria.

Para saber em qual lote você está é preciso fazer a consulta, veja o passo a passo no próximo tópico.

Como consultar a restituição do Imposto de Renda?

Em primeiro lugar é necessário fazer a entrega do imposto de renda. Depois de um tempo desta entrega, o sistema da Receita Federal disponibiliza ao contribuinte a consulta. Isso ocorre normalmente uma semana antes de o lote de restituição da pessoa em questão ser pago.

Para consulta é preciso:

  • Acessar o portal “Consulta Restituição”;
  • Colocar seus dados pessoais: como RG, CPF e data em que nasceu;
  • Informar o ano que deseja pesquisar sobre a restituição, no caso 2021;
  • Digite o código de segurança disponibilizado na entrega da declaração do imposto de renda.

Se já estiver disponível para consulta a boa notícia é que vai aparecer todos os dados de uma única vez, caso contrário um pop-up vai pedir para voltar em outro momento.

O que declarar para receber a restituição do imposto de renda?

Separe todas as despesas dedutíveis possíveis que encontrar para poder responder essa pergunta. Isso porque a melhor forma de declarar o imposto é com:

  • notas fiscais;
  • recibos;
  • extratos;
  • e outros que comprovem gastos do ano anterior.

Pois, todas as despesas precisam de comprovação. Com todos os documentos e o preenchimento correto de informações é certo que a pessoa vai receber sua restituição.

Quem recebe a restituição?

Praticamente todo mundo que seja trabalhador no regime CLT e receba mais de R$1904,00 por mês. A restituição ocorre porque a pessoa pagou mais impostos do que deveria durante o ano e tiveram algum valor retido na fonte, desconto direto da folha de pagamento.

Como as pessoas recolhem o tributo durante o ano, quando entregam a declaração anual do Imposto de Renda e apresentam muitas despesas dedutíveis, o que recolheram anteriormente cobre o que deveria se pago por ele e, de modo geral, ainda sobra um dinheiro, o qual é a restituição.

Desse modo, com o ajuste feito na declaração, o cidadão-contribuinte é restituído do valor em que ele mesmo já pagou. Embora, tenha que pagar a DARF (Documento de Arrecadação de Receitas Federais) inteira logo depois de encaminhar sua declaração. Alguns meses depois, dentro do calendário de restituição, o dinheiro é devolvido integralmente.

Quem pediu empréstimo recebe restituição do imposto de renda?

Sim, normalmente. Isso porque o empréstimo é como qualquer outra conta que você tenha adquirido durante o ano, e isso não impede de o valor da restituição vir. Além disso, você só precisa declarar o empréstimo se ele for superior ao valor de 5 mil reais.

Veja mais sobre esse assunto aqui!

Por fim, ficou com mais alguma dúvida? Deixe nos comentários para a nossa equipe!

Cadastre-se na nossa newsletter:

Email:
Nome:

Artigo anterior

proxímo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *