Atenção! Nós não solicitamos depósito antecipado. Isso é crime.

Atenção! A Lendico Brasil não solicita depósito antecipado para a liberação do empréstimo. Isso é crime.

Faça sua análise

Governo limita uso do rotativo do cartão

27 de janeiro de 2017

1 minuto de leitura

por Lendico

rotativo.jpg

Nesta semana houve o anúncio de que o Conselho Monetário (CMN) definiu um limite de 30 dias para o uso do rotativo do cartão de crédito. Essa seria uma tentativa de baixar os juros desta modalidade de crédito que é uma das mais caras do país. Mas afinal, o que isso significa?

Limite de uso do rotativo

Com as novas regras anunciadas, que começarão a valer até 3 de abril, se o consumidor deixar de pagar a fatura total de seu cartão de crédito, os juros do rotativo só poderão ser cobrados até o vencimento da próxima fatura, ou seja, por 30 dias. Após este prazo, a instituição financeira deverá apresentar ao cliente uma proposta para que ele pague o valor devido de forma parcelada.

Atualmente, quando um consumidor não paga o valor total da fatura, sua dívida é jogada para o mês seguinte, com a cobrança de juros do rotativo. Assim, mês a mês, sucessivamente, o valor a ser pago ia se multiplicando. Desta forma, uma dívida de R$ 5 mil podia virar em um ano uma dívida de mais de R$ 27 mil.

O que é importante destacar:

  • A mudança ainda não está valendo. Os bancos têm até 3 de abril para se adequarem às mudanças.
  • Se você atrasar o pagamento ou não fizer o pagamento total de sua fatura, ainda terá que arcar com o pagamento de juros.
  • Com a medida há uma expectativa de redução da inadimplência em relação ao pagamento do rotativo do cartão.
  • A medida será válida pata todos os tipos de cartão, com exceção dos cartões de crédito consignado.
  • O Governo não anunciou se a nova medida beneficiará de alguma forma quem já está no rotativo.

Artigo anterior

proxímo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *