Atenção! Nós não solicitamos depósito antecipado. Isso é crime.

Atenção! A Lendico Brasil não solicita depósito antecipado para a liberação do empréstimo. Isso é crime.

Faça sua análise

O que acontece com o empréstimo quando a pessoa morre?

27 de setembro de 2017

2 minutos de leitura

por Lendico

Não é incomum que as pessoas se perguntem o que acontece com o empréstimo pessoal quando a pessoa morre. Há quem tenha medo de ter que arcar com as dívidas do familiar ou mesmo ache poderá ser negativado se não tiver o dinheiro. Há também os que acreditam que a dívida desaparece com a morte de quem tomou o crédito. Hoje vamos tirar as dúvidas sobre este tema.

O que acontece com o empréstimo quando a pessoa morre?

Vamos falar dos mitos e das verdades sobre as dívidas após a morte do devedor?

Quando a pessoa morre as dívidas são quitadas.

Mito. O valor das dívidas será pago pelo patrimônio deixado pelo falecido para seus herdeiros e a quitação das mesmas pode ocorrer inclusive por meio de um seguro prestamista, feito com este fim. Isso quer dizer que quando a pessoa morre a dívida não morre junto.

Quando a pessoa morre as dívidas vão para os herdeiros.

Mito e verdade. Os herdeiros não têm obrigação de quitar o débito deixado pelo falecido, mas as dívidas lhe serão transmitidas no limite da herança recebida. Isso quer dizer que se uma pessoa tinha 2 herdeiros, um patrimônio de R$ 10 mil e uma dívida de R$ 10 mil, sem seguro, a dívida será integralmente descontada do patrimônio que seria recebido.

Mas se ele tiver 2 herdeiros, um patrimônio de R$ 50 mil e uma dívida de R$ 100 mil, os R$ 50 mil que seriam divididos entre os herdeiros passarão a ser usados para o pagamento do débito aberto. O restante será dado como quitado, passando a ser prejuízo da instituição. Isso quer dizer que, de certa forma, os herdeiros vão participar do pagamento da dívida, mas apenas com o patrimônio ao qual teriam direito.

Seguro Prestamista

Uma das coisas que citamos acima foi o seguro prestamista e vamos explicar o que ele é e quando é usado.

O que é

O seguro prestamista é uma garantia de quitação da dívida caso o segurado venha a falecer, ter uma invalidez permanente ou passar por um desemprego involuntário. O primeiro beneficiário deste seguro, até o limite da dívida, é a instituição credora. Ainda assim, funciona como uma garantia para o tomador de crédito, que terá tranquilidade em caso de imprevistos.

Se o valor contratado no seguro for superior à dívida, a diferença será paga ao segurado, se vivo, ou aos seus herdeiros.

Para que serve

Este seguro pode ser utilizado tanto para a quitação da dívida quanto para a liquidação de algumas parcelas em casos específicos. É muito importante observar as coberturas descritas no contrato antes de assinar.

Quanto custa?

O valor do seguro prestamista varia de acordo com o bem, prazo do financiamento, idade do segurado e política da seguradora.

Quando é perdido o direito ao seguro?

Se o segurado aderir a um programa de demissão incentivada, por exemplo, ou simplesmente pedir demissão, ele não terá direito à cobertura do seguro. Além disso, se a incapacidade física de exercer suas atividades estiver ligada a uma doença preexistente, não haverá o pagamento das parcelas previstas no contrato pelo seguro.

SOLICITAR MEU EMPRÉSTIMO

Artigo anterior

proxímo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *