Atenção! Nós não solicitamos depósito antecipado. Isso é crime.

Atenção! A Lendico Brasil não solicita depósito antecipado para a liberação do empréstimo. Isso é crime.

Faça sua análise

Empréstimo para pagar as dívidas dos bancos? Como fazer?

20 de junho de 2016

2 minutos de leitura

por Lendico

A renda mensal foi afetada por algum imprevisto financeiro e isso fez com que extrapolasse o limite do cheque especial? Sim, aquele com juros de mais de 350% ao ano!

Ou teve que usar o limite do cartão de crédito? Com a maior taxa de juros do mercado, que passa os 445% ao ano? Agora está pensando em tomar um empréstimo para quitar as dívidas com o banco, correto?

Escolher o melhor Custo Efetivo Total para o bolso pode não ser uma tarefa fácil, mas não é impossível. A Lendico selecionou dicas para ajudá-lo na transferência de dívida:

Empréstimo para transferência de dívida

Quando um empréstimo é feito para quitar uma dívida com outra instituição é chamado de transferência de dívida. Como assim? Simples! No mercado atual, as taxas de juros cobradas por outras linhas de crédito atingem taxas de juros nunca vistas antes. Na maioria dos casos, o empréstimo pessoal possui um Custo Efetivo Total (CET) muito mais baixo. Quem opta por essa linha, consegue quitar o compromisso financeiro com a taxa de juros mais alta. Logo, fica com uma nova dívida com juros e parcelas mais baixas.

Planejamento é o seu principal aliado!

Por isso, antes de adquirir o crédito pessoal, pesquise quantas vezes achar necessário. Como não cansamos de dizer, procure sempre pelo Custo Efetivo Total da operação e não apenas a taxa de juros. Achou as taxas de juros das empresas muito altas? Com o avanço da internet nos últimos anos, há a possibilidade de contratar empréstimo pessoal sem sair de casa, sabia? Empresas, como a Lendico, oferecem uma linha de crédito com taxas menores do que as cobradas por bancos. Como isso é possível? Elas não possuem operação física e essa vantagem é repassada para o cliente nas taxas.

Como usar o empréstimo para reorganizar as contas?

O planejamento é essencial para saber o quanto você precisa para reorganizar as contas pendentes para com o banco e também analisar e organizar as dívidas, se for mais de uma, pela ordem de grandeza. Por exemplo, priorize sempre a dívida que tiver o maior CET e assim por diante. Dessa maneira, você conseguirá otimizar o seu orçamento mensal, liquidando a maior dívida primeiro e mantendo o débito menor (nesse caso o empréstimo).

Artigo anterior

proxímo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *