Atenção! Nós não solicitamos depósito antecipado. Isso é crime.

Atenção! A Lendico Brasil não solicita depósito antecipado para a liberação do empréstimo. Isso é crime.

Faça sua análise

Empréstimo com penhor de bens tem crescimento

20 de dezembro de 2016

2 minutos de leitura

por Lendico

O empréstimo com penhor de bens cresceu 12% em 2016 e é uma alternativa para quem quer quitar uma dívida, mas você sabe como ele funciona? Vamos explicar.

Como funciona o empréstimo com penhor de bens

Nesta modalidade de empréstimo, o usuário penhora algo de valor. Muitas vezes as pessoas fazem o penhor usando joias de família, por exemplo. Para quem esta possibilidade de dar algo como garantia, o empréstimo com penhor de bens funciona como uma alternativa para conseguir dinheiro com juros baixos e de forma rápida.

Quais as vantagens?

Como explicado, no caso do empréstimo com penhor de bens, o tomador de crédito consegue pedir o empréstimo pagando juros de 2,1% ao mês pela Caixa Econômica Federal. Além disso, não precisa passar por uma análise cadastral ou análise de crédito.

O limite de crédito em caso de empréstimo com penhor de bens pode chegar a até 85% do valor do bem dado como garantia e o banco aceita joias, relógios e até mesmo canetas de valor. Além disso, além de levantar dinheiro, o cliente pode optar por uma linha de crédito (opção existente apenas na Caixa Econômica Federal.

A parcela mínima para este tipo de crédito é de R$ 50.

Desvantagens

Para se utilizar deste tipo de crédito, é necessário ter um bem de valor, o que não é uma realidade para toda a população. Além disso, nem toda instituição aceita a garantia do penhor para fazer um empréstimo.

Vale destacar também que o penhor só é vantajoso quando a pessoa sabe que conseguirá pagar o crédito. Isso porque o usuário pagará juros e poderá perder a peça. Se não houver valor sentimental no objeto de penhor, a venda é mais vantajosa, pois é possível se conseguir mais dinheiro do que no empréstimo e ainda é possível investir o dinheiro.

Alternativas

O empréstimo com garantia de imóvel ou de automóvel é uma das alternativas para quem busca crédito com juros mais baixos, mas também há um risco envolvido neste caso.

Para quem não tem algo para penhorar ou dar como garantia, a solução está no empréstimo pessoal. É possível encontrar taxas a partir de 3,09% ao mês (CET) fazendo o empréstimo online pela Lendico, por exemplo. Além disso, o tomador do crédito não corre o risco de perder um bem que estima nesta modalidade de empréstimo.

Artigo anterior

proxímo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *