Atenção! Nós não solicitamos depósito antecipado. Isso é crime.

Atenção! A Lendico Brasil não solicita depósito antecipado para a liberação do empréstimo. Isso é crime.

Faça sua análise

Empréstimo: o que os bancos analisam?

27 de junho de 2016

2 minutos de leitura

por Lendico

Pensando em tomar um empréstimo? Quando mandamos uma solicitação para aprovação dos bancos ou instituições financeiras, eles checam diversas informações antes de concederem o crédito e seguirem com o seu pedido. Interessado em saber o que eles analisam? A Lendico selecionou alguns pontos essenciais e compartilha agora:

CPF negativado?

Uma das primeiras coisas analisadas pelas empresas de empréstimo é o CPF do cliente. Se você está negativado, saiba que poucas financeiras oferecem uma proposta de crédito para a regularização do CPF. Ainda que concedam, os juros extrapolam os mais caros do mercado (os do cartão de crédito – mais de 445% ao ano)! Saiba mais aqui sobre o empréstimo para negativados.

Histórico de pagamentos

Com o CPF regularizado, a segunda coisa analisada é o histórico de pagamentos. Sem o hábito de pagar empréstimo em dia ou inadimplência com as contas básicas? Esses já são motivos para que a concessão de crédito não seja feita.

Rendimento mensal que seja compatível com o empréstimo

Quando um empréstimo é solicitado, as financeiras comparam a quantia que foi pedida com os seus ganhos mensais. Então é imprescindível que o seu rendimento mensal seja compatível com o crédito pessoal solicitado. Como? Por exemplo, se a sua renda mensal é de R$ 2.500,00, solicitar um valor quatro vezes maior, R$ 10.000,00, não será tão fácil de conseguir quanto R$ 5.000,00. Nessa hora é importante não dar um passo maior que a perna e contrair mais dívidas do que ajuda financeira.

Falta de garantias

Dependendo da linha de empréstimo, o cliente deve apresentar um tipo de garantia como um imóvel ou veículo próprio quitado. O rendimento mensal, em casos como esse, nem sempre garante a concessão do crédito; a financeira pode solicitar uma garantia extra. Mas fique atento! Saiba o Custo Efetivo Total (CET) antes de fechar o acordo para não ter surpresas depois.

Perfil pessoal

Além do rendimento mensal, sua profissão, vínculo empregatício e estado civil também influenciam na solicitação de empréstimo. Por exemplo, trabalhadores do setor público têm mais estabilidade no emprego e podem ser clientes com perfis melhores do que aqueles que não têm uma renda mensal definida e recebem os ganhos em cima de comissões.

Artigo anterior

proxímo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *