Atenção! Nós não solicitamos depósito antecipado. Isso é crime.

Atenção! A Lendico Brasil não solicita depósito antecipado para a liberação do empréstimo. Isso é crime.

Faça sua análise

Como doar parte do seu Imposto de Renda para projetos sociais

12 de março de 2018

2 minutos de leitura

por Lendico

doacao-imposto-renda.jpg

Que tal fazer um gesto solidário com parte do seu Imposto de Renda sem pagar um centavo a mais por isso?

Algumas leis federais de incentivo permitem às pessoas físicas doar até 8% do IR devido para projetos sociais. Empresas podem doar até 2%.  É possível escolher uma ou várias entidades, desde que elas estejam cadastradas em fundos municipais, estaduais ou federais.

Podem ser beneficiadas entidades filiadas aos Fundos dos Direitos da Criança e do Adolescente, Fundos do Idoso, Programa da Alimentação do Trabalhador, Projetos Culturais ou Artísticos pelo Programa Nacional de Apoio à Cultura, produção de obras Audiovisuais aprovadas pelo Ministério da Cultura, e Incentivo ao Desporto pela Lei do Incentivo ao Esporte.

A doação pode ser feita em dois momentos. Veja os limites e as condições de cada tipo de doação a seguir e exercite a cidadania:

Para doar agora

Dá para repassar o valor ainda este ano, com os vencimentos referentes ao ano anterior. Neste caso, a declaração deve ser no modelo completo e a doação será descontada do valor do imposto a ser pago ou acrescido à restituição.

Somente 3% do valor do imposto pode ser doado e exclusivamente para entidades inscritas nos Fundos dos Direitos da Criança e do Adolescente.

Depois de preencher todas as fichas, vá para a aba “Resumo da Declaração (Doações Diretamente na Declaração – ECA)”. O valor disponível estará calculado. Aí basta indicar o fundo que deseja ajudar.

Doação no próximo ano

Para usar o valor máximo de 8%, o caminho é diferente e só é possível resgatar na declaração do ano seguinte. Você deve doar para instituições credenciadas e guardar o comprovante da doação emitido pela entidade. Ele deve conter o nome e CPF do contribuinte, nome e CNPJ da instituição, data e quantia.

Nesta modalidade, todo tipo de entidade elegível pode receber, mas atenção aos limites: 1% pode ser destinado para projetos relacionados a pessoas com deficiência, 1% para programas voltados para pessoas com câncer e os outros 6% para as demais categorias.

Na declaração do ano seguinte, preencha os dados na ficha “Doações Efetuadas”. O programa calcula automaticamente os valores.

Guia de Doação do Imposto de Renda

A Receita Federal disponibiliza um guia para quem deseja entender melhor como fazer essa destinação. Ele foi produzido pelo curso de Ciências Contábeis da Universidade Federal de Caxias do Sul e mostra o passo-a-passo de cada tipo de contribuição. Acesse o material para saber mais.

As entidades cadastradas também costumam contar com guias que orientam na hora da destinação. Procure a de sua preferência e se informe se ela é elegível.

SOLICITAR MEU EMPRÉSTIMO

Artigo anterior

proxímo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *