Atenção! Nós não solicitamos depósito antecipado. Isso é crime.

Atenção! A Lendico Brasil não solicita depósito antecipado para a liberação do empréstimo. Isso é crime.

Faça sua análise

Cartão de crédito: sabe como funciona?

30 de agosto de 2016

1 minuto de leitura

por Lendico

Quem nunca usou o cartão de crédito como extensão do salário? Para fazer compras pequenas, aquelas de imprevisto, ou até mesmo compras mensais e recorrentes. Aliás, você tem mais que um cartão de crédito? Já sabe como ele funciona? E a taxa de juro?

Como funciona o cartão de crédito?

Essa é fácil! A pessoal deve primeiro fazer a solicitação do cartão, se o banco ainda não ofereceu. Com isso, a financeira analisa dados pessoais e financeiros, sobretudo, a renda pessoal. Após a identificação do perfil de consumo dessa pessoa, a financeira estabelece o limite do cartão de crédito e envia para o usuário.

O que será cobrado de mim?

Conhece a Resolução CMN 3.919/2010, do Banco Central? Ela definiu 5 tarifas de cartão de crédito básico – o cartão que não tem recompensa e/ou programa de fidelidade:

  • A famosa anuidade: cobrada uma vez por ano, as financeiras podem parcelas a quantia ao longo dos 12 meses;
  • Crédito emergencial: sabe quando você estoura o limite do cartão? Sim, há uma taxa extra que a financeira cobra por esse tipo de operação;
  • Fatura mensal: após 30 dias de uso do cartão, você receberá em casa, ou digitalmente, a fatura mensal do cartão para o pagamento mínimo ou total dela;
  • Saque pelo cartão: pensando que o saque pelo cartão de crédito não tem taxa? Tem sim e também é uma das mais altas. Fique atento!
  • Segunda via em caso de perda: foi furtado, roubado ou simplesmente perdeu? Você poderá pagar uma quantia para conseguir a segunda via dele.

E a fatura? Como funciona?

Digamos que a taxa de juro mensal do seu crédito rotativo é de 12% e o seu limite de crédito é de R$ 800,00. Determinado mês você usa o limite total, de R$ 800,00, contudo, consegue pagar apenas R$ 400,00. Quando o limite total não é reestabelecido, ainda há a cobrança de 2% de multa por atraso e 1% de juros de mora.

Logo, na próxima fatura, você não pagará apenas os R$ 400,00 remanescentes. Mas sim R$ 230,00. Por quê?

  • Fatura remanescente: R$ 400,00;
  • Juro do crédito rotativo: R$ 96,00 (12%);
  • Juro por atraso: R$ 16,00 (2%);
  • Juro de mora: R$ 8,00 (1%);
  • Fatura do próximo mês: R$ 520,00.

Artigo anterior

proxímo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *