Atenção! Nós não solicitamos depósito antecipado. Isso é crime.

Atenção! A Lendico Brasil não solicita depósito antecipado para a liberação do empréstimo. Isso é crime.

Faça sua análise

5 preocupações financeiras e como acabar com elas

06 de novembro de 2015

3 minutos de leitura

por Lendico

medos-financeiros.jpg

Não deixe medos irracionais deixarem você enlouquecer.

Lembra de quando você tinha medo do bicho papão? No fundo você sabia que não era real, mas isso não impedia seus temores. Para a maioria, esse bicho papão ainda vive nas finanças pessoais. Se você teve um mês ruim, ou até um ano ou dois, é bem fácil deixar o medo tomar conta.

Abaixo listamos cinco medos financeiros comuns e soluções simples de como acabar com eles.

1. Perdi meu emprego e não vou conseguir me manter!

Mesmo que você tenha um emprego perfeito e seu chefe ame você, sempre há a chance de ser demitido. A empresa pode enfrentar um ano ruim, com a crise os cortes de funcionários são frequentes.

Solução:
Planejamento é a chave para enfrentar esse medo financeiro, ou seja, prepare-se com antecedência para a possibilidade de perder o emprego. Tenha um fundo de emergência com o equivalente de 3 a 6 meses de despesas. Essa reserva vai ajudar você a respirar em um eventual período de desemprego, evitando que você entre em dívidas para pagar suas despesas mensais.

2. O sistema previdenciário vai entrar em falência, nunca vou conseguir me aposentar

Com o aumento da expectativa de vida e diminuição da natalidade, o número de contribuintes do INSS não está balanceado com os beneficiados, por isso há uma constante mudanças nas regras para receber a aposentadoria pelo INSS, preocupando as pessoas em relação ao futuro.

Solução:
A solução mais simples é a previdência privada, disponível em muitas instituições financeiras, você determina quanto irá pagar por mês e terá a previsão de quanto e como receberá quando quiser se aposentar. Você também pode investir o dinheiro em fundos de retorno de longo prazo, analise a opção que combine mais com você e fique tranquilo em relação ao futuro.

3. Meu noivo(a) ou namorado(a) ganha mais do que eu, isso não é justo!

Raramente você irá achar um relacionamento que as duas pessoas ganham exatamente a mesma coisa. Quando se tem um casamento em vista, essa diferença pode ser uma receita para o desastre.

Solução:
Ter uma comunicação aberta é a chave para organizar as finanças para depois do casamento. Façam um planejamento de como serão dividas as contas de acordo com o salário de cada um, e de quanto será reservado para fundos de emergência e para os planos futuros. Pode ser interessante também manter um “fundo livre”, onde cada um reserva um dinheiro para fazer o que desejar, sem questionamentos ou cobranças do parceiro.

4. Eu cometi muitos erros com dinheiro.

Erros financeiros podem nos impedir ser positivos com dinheiro. A verdade é que todos têm problemas financeiros durante a vida, mas o diferencial é como você se recupera e se previne de acontecer novamente.

Solução:
Para melhorar em qualquer coisa é preciso aprender com os erros sendo que o mais importante ainda é se perdoar. Pegue um papel e escreva todos os seus erros financeiros sem se censurar nos próximos cinco minutos. Assim que terminar olhe para todos, lembre-se do que aprendeu com cada um deles, depois rasgue o papel. Eles ficaram no seu passado.

5. Eu não vou ser bem sucedido até ter minha casa própria.

Ter uma casa própria é um sonho de quase todo brasileiro. Ser proprietário de um imóvel traz um senso de segurança. O problema é que um imóvel tem um alto custo que nem todos podem pagar.

Solução:
Ter uma casa própria é ótimo, mas não é para todo mundo. Se você quer mesmo comprar um imóvel, a melhor coisa a se fazer é ver as opções de financiamento antes de ir atrás dos imóveis. Assim você pode descobrir a faixa de preço que você pode realmente adquirir dentro do seu orçamento. Se você pretende morar no mesmo lugar por uns bons anos e as parcelas se encaixam no seu orçamento, então é hora de comprar sua casa. Se não, deixe para trás esse medo e seja feliz, pense que se um dia você quiser ir morar em Berlin, Miami ou Fortaleza você só precisará arrumar sua mala e pegar o avião.

Fonte: Traduzido e adaptado da Time

Artigo anterior

proxímo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *